Hoje em dia não existe nada mais complicado do que escolher uma creche, com tantas opções é necessário sempre tomar alguns cuidados na hora de escolher o lugar em que, você mãe, irá deixar seu filho. Então aqui vai algumas dicas para você escolher a creche certa.

Em primeiro lugar é necessário prestar atenção em todos os aspectos do local onde se pretende deixar a criança é muito importante para evitar surpresas e acidentes.
A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, prevê que a educação infantil, oferecida em creches para crianças de até três anos e pré-escolas para crianças de quatro a seis anos, deve ser responsável pelo desenvolvimento integral da criança, em seus aspectos físicos, psicológicos, intelectuais e sociais. Vale, portanto, estar atento ao projeto educacional da creche onde seu filho deve ficar.
A preocupação com o número de funcionários da instituição também é importante. Para estar adequada às recomendações da Câmara de Educação Básica, do Conselho Nacional de Educação, creches que atendem a bebês de zero a dois anos devem ter um educador para cada, no máximo, oito crianças. Por tanto se a creche que você conhece não tem essa quantidade de profissionais para atender esse número limitado de crianças, procure outra, afinal cuidar de criança pequena é muita responsabilidade. A turma de crianças de três anos deve limitar-se a 15 por adulto, e as de quatro a seis anos, a 20 crianças. Uma dica importante é verificar a formação dos funcionários que irão cuidar da criança durante as horas que estiver na creche. É necessário saber se os mesmos estão capacitados para fazer esse tipo de serviço. Os professores de ensino infantil, de acordo com o Conselho Nacional de Educação, devem ser qualificados como educadores e ter carreira de magistério.
As creches e pré-escolas devem, ainda segundo o conselho, funcionar em espaços adequados.
É fundamental avaliar as condições de higiene do estabelecimento e se ele está funcionando regularmente no município.
É preciso observar se os funcionários trocam as fraldas com luvas e se a distância entre os berços é suficiente para que não haja contaminação entre os bebês.
A instalação não deve ter pontos de umidade e precisa de um ambiente a céu aberto para que o bebê tome 15 minutos de sol, diariamente
Os pais devem conversar com os funcionários para checar se eles estão instruídos sobre os cuidados com a criança.
Os pais devem informar à creche qualquer problema de saúde do bebê, como febre, gripes, resfriados, alergias,(inclusive alergias de alimentos) e refluxo.
Uma boa forma de avaliar o trabalho feito pelos funcionários da creche é observar a satisfação da criança em frequentar a instituição. Se você mãe ou pai notar qualquer comportamento estranho no seu filho, mesmo que ele ainda seja um bebê ao estar na creche ou na presença de algum funcionário da mesma, não deixe seu filho na creche, procure saber imediatamente o motivo ou razão da criança estar tendo esse tipo comportamento. Lembre-se de que saúde e bem estar é fundamental.

Deixe um Comentário