Se o ciúme é o atual motivo que está tirando o seu sono, aqui vai algumas dicas para você amiga não deixar esse sentimento acabar com a sua relação e principalmente com você!!!

Em primeiro lugar é necessário fazer uma auto-avaliação de si mesma. Pergunte o porquê?, quando e como você começou a sentir dentro de si esse sentimento. Muitas vezes por conflitos interiores dentro de nós mesmas, acabam por nos levar ao abismo chamado ciúmes. E antes de avaliar a relação temos que nos avaliar, por exemplo, como anda a sua auto-estima?, como você se sente diante do seu parceiro?, como anda o seu humor? E assim vai!. O que levou você a ter desconfiança do seu parceiro? Não posso dizer que todos os homens são santos, mais não podemos condenar ninguém antes de ter provas concretas não é mesmo?!. Já pensou que esse sentimento ruim pode levar ao fim um relacionamento ou até mesmo casamentos de anos para o buraco, pense nisso! Em vez de ficar achando isso ou aquilo, lembre-se se ele está com você é porque a escolheu, e se ainda está com você é porque você é especial!. Não deixe que a sementinha do mal entre dentro de você, pelo contrário aprenda a confiar mais em si mesma e no seu parceiro.

Nos relacionamentos onde os sentimentos de ciúmes são moderados e ocasionais, ele lembra ao casal que um não deve considerar o outro como definitivamente conquistado. Pode encorajar casais a fazer com que se apreciem mutuamente e façam um esforço consciente para assegurar que o parceiro se sinta valorizado.

Às vezes sentimentos de ciúmes podem ficar desproporcionais. Por exemplo, quando um homem provoca uma cena embaraçosa numa festa porque sua mulher aceita um convite para dançar com um velho amigo ou quando uma mulher é tomada de ciúmes excessivos pelo fato de o marido ter uma mulher como chefe no trabalho. Este tipo de reação pode afetar gravemente uma relação, levando o outro parceiro a sentir-se constantemente pisando em ovos para evitar uma crise de ciúme. O parceiro ciumento, muitas vezes ciente de seu problema, oscila entre sentimentos de culpa e auto-justificação.

Lembre-se que seu parceiro não é propriedade sua, e se você o sufocar com tantas desconfianças e cobranças ele pode se cansar de tudo, da relação e de você por isso em vez de achar alguma coisa apenas acredite que o seu relacionamento é único e especial, e,em vez de ficar se descabelando, deprimida, e se sentindo a pior mulher do mundo pare tudo e reflita,  valorise-se e em vez de críticar o seu parceiro mostre o quanto você o ama  e o quanto você acredita que esse relacionamento pode dar certo, lute pelo seu amor, pelo seu namoro, casamento não importa , apenas lute por aquilo que você realmente deseja e acredita e lembre-se de que o verdadeiro amor vence todas as barreiras sejam elas quais forem.

Pense nisso!  E boa sorte!

Deixe um Comentário