CÂNCER CERVICAL

O que é: O câncer cervical ou câncer do colo do útero é um tipo de câncer que ocorre no colo do útero (cérvice uterino). Está estreitamente relacionado com o vírus HPV.

Tratamento: O tratamento geralmente é por cirurgia, radioterapia e na quimioterapia. O tratamento depende das condições do paciente do tipo de tumor e da sua procedência.

Prevenção: A prevenção pode ser feita através da vacina contra o HPV em pessoas que ainda não tiveram contato com o vírus HPV.
Através do exame de Papanicolau é possível realizar a monitorização das mulheres.

Alimentos que ajudam a prevenir o câncer cervical: Vitamina B encontrada em alimentos que contém alto teor de ácido fólico, podem bloquear o vírus responsável pelo câncer cervical. Esta substância encontra-se na vagem, no feijão seco e no brócolis. Uma pesquisa revelou que mulheres que tinham nível mais alto de licopeno no sangue, têm cinco vezes menor risco de desenvolver a doença em se comparando com aquelas que tem menor nível de licopeno. A melhor fonte de licopeno é o tomate, deve estar sempre em nossa dieta.

CÂNCER DE PULMÃO

O que é: O câncer de pulmão é o um tumor maligno,é a expansão e transformação maligna do tecido pulmonar. É o tipo mais letal de câncer/cancro no mundo todo, responsável por 1,2 milhões de mortes anualmente. É causado principalmente pelo hábito de fumar cigarro, e afeta homens predominantemente, mas o número de câncer de pulmão em mulheres vem aumentando em decorrência do aumento do tabagismo.

Tratamento: O tratamento para o câncer de pulmão depende do tipo celular específico do câncer, o quanto ele se espalhou e o estado do paciente. Os principais tratamentos incluem cirurgia, quimioterapia e radioterapia.

Prevenção: Evitar a prática do fumo de cigarros – Se você fuma, pergunte para seu médico que maneiras seguras existem para ajudá-lo a deixar de fumar.
Evite ser fumante passivo – Escolha áreas de não fumantes em restaurantes e hotéis. Também, peça para os convidados de casa que fumem ao ar livre, especialmente se há as crianças em casa.

Alimentos que ajudam a prevenir o câncer de pulmão: Hortaliças e frutas podem salvar o seu pulmão e sua garganta. Isso se deve principalmente ao betacaroteno que atua como um antídoto contra o câncer pulmonar. Sua dieta deverá conter hortaliças mais verdes e também a cenoura, batata-doce e espinafre. O ideal é meia xícara por dia desses alimentos. O ácido fólico é o responsável pelos benefícios que combate ao câncer de pulmão e laringe.

É encontrado na couve, nabo, beterraba, brócolis, couve-de-bruxelas, feijão seco e soja. No Japão, o índice de câncer pulmonar, mesmo nas pessoas que fumam, não é tão alto, porque ele bebem muito chá verde.

CÂNCER DE CÓLON

O que é: Tumor maligno, canceres frequentes do aparelho digestivo ( intestino grosso ).

Tratamento:A cirurgia é o seu tratamento primário, retirando a parte do intestino afetada e os linfonodos próximos a esta região. Muitos tumores do reto são tratados com cirurgias que preservam o esfíncter anal, através da utilização dos grampeadores, evitando assim as colostomias.

Prevenção: Uma dieta rica em frutas, vegetais, fibras, cálcio, folato e pobre em gorduras animais é considerada uma medida preventiva. A ingestão excessiva e prolongada de bebidas alcóolicas deve ser evitada. Como prevenção é indicada uma dieta saudável e a prática de exercícios físicos.

Alimentos que ajudam a prevenir o câncer de Cólon: Para prevenir este tipo de câncer deve-se consumir mais fibras. Elas são encontradas nos cereais, frutas, hortaliças, legumes e nozes. Se você consumir cerca de uma tigela de farelo de trigo diariamente, os índices de câncer de cólon e reto diminuem em 30%. As hortaliças também fazem parte desta ajuda incluindo os repolhos crus, que devem ser consumidos de dois em dois dias. Alimentos que contêm cálcio não devem ser economizados, pois eles conseguem suprir os efeitos fisiológicos desastrosos causados pelo câncer de cólon. Beber em média dois ou três copos de leite desnatado por dia. A pectina, uma fibra encontrada na maçã, banana, pêra, ameixa, abricó, cenoura e feijão seco, é inibidora do câncer. Então Abuse!

CÂNCER NO ESTÕMAGO

O que é: O câncer de estômago (também denominado câncer gástrico) é a doença em que células malignas são encontradas nos tecidos do estômago. Os tumores do câncer de estômago se apresentam, predominantemente, sob a forma de três tipos histológicos: o adenocarcinoma, responsável por 95% dos tumores gástricos, o linfoma, diagnosticado em cerca de 3% dos casos, e o leiomiossarcoma.

Tratamento: O tratamento cirúrgico é a principal alternativa terapêutica para o câncer de estômago. A cirurgia de ressecção (gastrectomias) de parte ou de todo o estômago associada à retirada de linfonodos, além de permitir ao paciente um alívio dos sintomas, é a única chance de cura. Para determinar a melhor abordagem cirúrgica, deve-se considerar a localização, tamanho, padrão e extensão da disseminação e tipo histológico do tumor. São também esses fatores que determinam o prognóstico do paciente. A radioterapia e a quimioterapia são considerados tratamentos secundários que associados à cirurgia podem determinar melhor resposta ao tratamento.

Prevenção: Para prevenir o câncer de estômago é fundamental uma dieta balanceada composta de vegetais crus, frutas cítricas e alimentos ricos em fibras. Além disso, é importante o combate ao tabagismo e diminuição da ingestão de bebidas alcoólicas.

Alimentos que ajudam a prevenir o câncer de estômago: Incluir em seu cardápio: repolho, brócolis, couve-flor e couve-de-bruxelas. Eles ajudam na imunização por meio do controle do estrogênio. O farelo de trigo, de aveia ou de milho ajuda a reduzir drasticamente os níveis sangüíneos de estrogênio. O feijão, principalmente o preto, contém fitoestrogênio, que inibe a doença. A soja também controla o hormônio e deve fazer parte do dia-a-dia. Os frutos do mar também inibem as células cancerígenas, principalmente o óleo de peixe, que é capaz de interferir no avanço do câncer mesmo depois de instalado.

CÂNCER DE PELE

O que é: O câncer de pele é um tumor formado por células da pele que sofreram uma transformação e multiplicaram-se de maneira desordenada e anormal dando origem a um novo tecido (neoplasia). Entre as causas que predispõe ao início desta transformação celular aparece como principal agente a exposição prolongada e repetida à radiação ultra- violeta do sol.

Tratamento: O tratamento é cirúrgico na maioria das vezes ou através da destruição das lesões por radioterapia ou criocirurgia com nitrogênio líquido. Quanto antes a lesão for retirada, maior a chance de se curar a doença e de se evitar a disseminação de células cancerosas para outros órgãos (metástases), muito rara nos casos de carcinoma basocelular mas muito frequente nos casos de melanoma não tratados.

Prevenção: Evitar a exposição excessiva ao sol da mesma forma que se evita queimaduras solares é a forma mais adequada de prevenir esse tipo de melanoma.

Alimentos que ajudam a prevenir o Câncer de pele: Para evitar o melanoma você deve comer mais peixes que contenham ômega-3 pelo menos duas vezes por semana. Evitar os óleos que contenham ômega-6, presente nos óleos de milho, de açafrão e girassol. O azeite de oliva não causa problema algum, frutas e hortaliças também são ricas em antioxidantes, fazendo muito bem para a sua saúde.

CÂNCER DE MAMA

O que é: O câncer de mama é provavelmente o mais temido pelas mulheres, devido à sua alta freqüência e sobretudo pelos seus efeitos psicológicos, que afetam a percepção da sexualidade e a própria imagem pessoal. Ele é relativamente raro antes dos 35 anos de idade, mas acima desta faixa etária sua incidência cresce rápida e progressivamente.

Tratamento: O tratamentos padrões para o câncer de mama são:
* Cirurgia de remoção do câncer.
* Terapia hormonal para evitar que as células cancerosas obtenham os hormônios que precisam para crescer e sobreviver.
* Radioterapia que usa raios de alta energia para matar as células cancerosas.
* Quimioterapia que usa medicação anti-câncer para matar as células cancerosas.

Prevenção: Para a prevenção do câncer de mama deve-se combater os fatores de risco com a diminuição da gordura endógena e consequente redução de peso corporal e dieta rica em vitamina A. Evitar o ganho de peso, principalmente após a menopausa. Como orientação geral, toda mulher após os 20 anos deve aprender e fazer mensalmente o auto-exame das mamas. O primeiro exame clínico das mamas deve ser realizado aos 20 anos e repetido a cada três anos até os 40 e, então, anualmente. A primeira mamografia deve ser realizada aos 35 anos, repetida aos 40 anos e a partir daí a cada dois anos até os 50 anos, quando passa a ser realizada anualmente.

Alimentos que ajudam a prevenir o Câncer de mama: Inclua no seu cardápio: repolho, brócolis, couve-flor e couve-de-bruxelas. Eles ajudam na imunização por meio do controle do estrogênio. O farelo de trigo, de aveia ou de milho são capazes de reduzir drasticamente os níveis sangüíneos de estrogênio. O feijão, principalmente o preto, contém fitoestrogênio, que inibe a doença. A soja também controla o hormônio e deve fazer parte do seu dia-a-dia. Os frutos do mar também inibem as células cancerígenas, principalmente o óleo de peixe, que é capaz de interferir no avanço do câncer mesmo depois de instalado. Frutas e hortaliças ricas em vitaminas C possuem alta proteção e devem ser consumidos pelo menos 380 miligramas por dia, podendo reduzir em até 16% o risco de câncer de mama.

Deixe um Comentário